terça-feira, 28 de julho de 2009

Chinelinhos

Estando no pé de uma jovem moça, na praia de Copacabana, eles seriam de marca, com estilo e muito caros.
No outdoor à beira da avenida movimentada, seriam estímulo à compra ou anúncio de tendência para o verão.
Na porta da casa, à espera dos pés de seu dono, transformar-se-iam em convite ao aconchego.
Sob a cama, ao lado de outro par, uma confissão de cumplicidade.

Mas não foi em nenhum desses lugares que os vi.

Os chinelinhos de tiras pretas estavam sustentando os pés de um menino magrinho, de bermuda, que corria pelo meio da rua. Era um dia de inverno, frio. Fora do ônibus onde eu estava, fazia uns cinco graus.

Eu senti vergonha das minhas meias. Foi o único que pude fazer, pelo menos naquele momento.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Ciladas

E aquelas palavras
de ontem
tornaram-se ciladas

"Nunca vou ser como minha mãe
Jamais comerei melancia
Meu filho não chupará bico
Eu nunca me acomodarei
Deixar de ouvir rock? Jamais!
E nem cortarei meus cabelos muito curtos...
Não terei dias tristes
Dispensarei sempre o agasalho a mais
E nunca vou gostar de tomar café."

É, aquelas palavras de ontem
não me aprisionaram,
mas me fizeram emboscadas.

E eu retomo o verbo
trituro, reciclo
faço novas promessas
e amanhã penso
Em como me salvar.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Tem mais? Tem sim, senhor!

Senhoras e senhores!
Hoje é dia do super, hiper, mega bonito ficar um dia mais "experiente"!
Manoo, parabéns pelo teu niver!
E obrigada por ter me carregado no colo, por ter aturado minhas chatices de caçula, por ser meu conselheiro, meu parceiro de alegrias e tristezas, por seu meu irmão tão querido!
Te amo!

***

Ontem correu tudo bem na minha micro-cirugia (sei lá se está certo esse hífen). Depois de alguns dias de apreensão e de silêncio, posso voltar a poetar.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Mês de festa!

Julho é mês de festa!

Maria Fê, parabéns pelo teu niverrrrr!
Duli, pra você também, parabéns!!!

Ô gente que gosta de fazer aniversário todo ano, hein!

E vou aproveitar e mandar beijos pra todos, para os que estão e para os que não estão de aniver!

Smack

terça-feira, 7 de julho de 2009

Retratação

Tudo bem que a correria é implacável, que a gente se perde em meio a tantas tarefas, que a vida vai passando e a gente nem se dá conta.

Mas esquecer o aniversário de amigos queridos não dá! Não dá!

Rafa, meu pedido público de desculpas aqui, viu... Feliz aniversário e muitíssimas felicidades!