terça-feira, 19 de maio de 2009

Excesso de afazeres + escassez de ócio = ausência de palavras.

"Sem ócio, não póssio!"

Me desculpem, voltarei.

2 comentários:

Lisiane V disse...

senti tua falta aqui no blog. sempre bom ler tuas palvras-pensamentos-poesia, sempre.
beijooo

Laurene Veras disse...

To contigo, sou praticante e militante do ócio. O ócio é preciso, o resto é impreciso. Dã. Ou não, como diria Caetano.