segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Pergunta retórica


Augusto, no meio da sala, de repente exclama:

- Ó, céus, o que aconteceu comigo?

Eu, assustada, saí correndo:

- O que foi, filho?

- Nada mãe, essa foi só uma pergunta retórica.

- Uma o quê?

- Uma pergunta retórica. Não precisa responder.


(Juro, fiquei embasbacada. Um guri de quatro anos te dizer isso assim, na lata, é pra cair os butiás do bolso mesmo. Depois fui descobrir que ele tinha visto isso num filmezinho, o "Leroy e Stitch", no qual o monstrinho fala o tempo todo em pergunta retórica. Mas fiquei impressionada. O guri vai me dar trabalho na escola... Ou não, vai ser um orgulho, enfim. Ah, chega de corujice, rsrs)

Um comentário:

Clanel disse...

Terê o que é isso?!nooooossa!!
esse guri não tem limites!!!hahhaha

mas agora sério:to precisando de umas aulas de português, será que o Augusto tem uma horinha pra me ajudar??
hehehe
sou fã desse guri!!!
bjo grande!